Canvas - estruturando projetos


Quando temos um projeto em mente, é natural que existam dúvidas sobre sua viabilidade. Porém, é ideal usar esse momento de questionamento como “mola propulsora” para estruturar o projeto e começar a listar os cuidados a serem tomados ao colocá-lo em prática.

Para isso, o Business Model Canvas - mais conhecido como Canvas - é uma ferramenta de planejamento estratégico que estrutura projetos novos ou já existentes que precisam de reformulação.

Na elaboração, utiliza-se um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos, são eles:

*imagem, fonte SEBRAE

canvas

Blocos de estratégia

Proposta de valor: o que o seu projeto vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para as pessoas;

Segmento de clientes: quais segmentos o seu projeto atenderá;

Os canais: como o cliente compra e recebe seu produto e serviço proveniente do seu projeto;

Relacionamento: como o produto do seu projeto se relacionará com cada segmento de cliente;

Atividade-chave: quais são as atividades essenciais para que seja possível entregar a Proposta de Valor;

Recursos principais: são os recursos necessários para realizar as atividades-chave;

Parcerias principais: são as atividades-chave realizadas de maneira terceirizada e os recursos principais adquiridos fora do projeto;

Fontes de receita: são as formas de obter receita por meio de propostas de valor.

Estrutura de custos: São os custos relevantes necessários para que a estrutura proposta possa funcionar.

Todos esses blocos, após serem definidos, serão responsáveis por conceituar o seu projeto e traçar a forma como ele ficará estruturado. Dessa forma, é possível analisar as etapas pelas quais o projeto passará, refazer o que pode dar errado e obter mais acertos mediante essa estruturação.

Conheça mais métodos de planejamento postados aqui: Design Thinking, Sete Perguntas essenciais para estabelecer um plano de inovação.

Voltar