Impressoras 4D com força total


As impressoras 3D vieram com força total, mostrando que são capazes de dar forma a diversos objetos. O baixo custo para produzir peças diversas também é algo que chama muito a atenção. Porém, a questão é: se as impressões 3D já são tão capazes de contribuir tecnologicamente, devemos esperar ainda mais das impressões 4D?

A Universidade de Harvard, nos Estados Unidos tornou essa questão em uma realidade. Os pesquisadores desenvolveram a impressora 4D, uma tecnologia que dá movimento aos objetos criados. Já nos primeiros testes, uma flor foi desenhada e, para isso, foram usados um gel absorvente e fibras de celulose presentes na própria planta. Os movimentos são adquiridos quando o produto é imerso em água. No vídeo, veja detalhes da produção:

 

 

Uma outra questão permanece para que os novos inventores possam se questionar: quais são os benefícios dessa tecnologia, em aplicações práticas no dia a dia? Segundo os próprios pesquisadores, ela pode ser usada, por exemplo, para auxiliar máquinas a se consertarem sozinhas e para reproduzir tecidos orgânicos que substituam órgãos de pessoas com problemas de saúde.

Voltar